domingo, 1 de janeiro de 2012

Aplauso para 2012



O ano de 2012 chegou, deitaram-se alguns foguetes para mostrar que ainda restam uns "cobres" no fundo da gaveta, já gasta de tanto ser raspada, e cá estamos iniciando uma penosa etapa num processo que será certamente cheio de sinais contraditórios e geradores de ansiedade individual e colectiva. Como a roda do tempo avança sem fazer greve, toda a atenção é pouca para não entrarmos num carrocel de figurinhas mais ou menos engraçadas que sobem e descem, andam à roda, mas voltam sempre ao ponto de partida sem qualquer avanço que leve a sair da situação de "pescadinha de rabo na boca".
É sabido que só intervenções justas são geradoras de justiça e que só o homem justo é capaz de ser promotor da justiça e da paz, por isso um apelo a que se unam todos os que neste país amam de verdade  a Justiça para serem impulsionadores das de há muito necessárias mudanças geradoras de justiça e de paz. Para estes invoco neste início de 2012 a sabedoria, a inteligência, a fortaleza, a ciência e a dedicação à causa comum necessárias para levar por diante a nobre tarefa da reconstrução do optimismo.
Ainda respirando o ambiente da quadra natalícia proponho, àqueles para quem é importante olhar com olhos de esperança e de optimismo existencial para a Criança Divina, que neste primeiro dia de 2012 ofereçamos uma flor a Maria de Nazaré, que no meio das muitas nublosas não perdeu de vista a estrela anunciadora dum novo horizonte onde a terra e o céu se beijam e se confumdem.
Bom ano  mais uma vez para todos!

1 comentário:

M.Haydée Nogueira disse...

Vou seguir o seu conselho e olhar para uma vida nova no novo ano.Obrigada e bom 2012 para si.